BMW M Power

Home Contactos Procura

Home
Up

A história da BMW Motorsport
M, a letra mais desportiva

A divisão da BMW celebra seus 30 anos com uma versão do M3 que recupera a sigla CSL, com a qual a Motorsport começou sua história nos anos 70. Uma sigla que, como a M tricolor, chegou para simbolizar potência e velocidade


1972
A divisão desportiva da BMW, baptizada como Motorsport, inicia sua produção com uma equipe de 35 funcionários. A direcção fica para Jochen Neerpasch, antigo piloto de testes da Porsche e director desportivo da Ford.

1973
A BMW Motorsport desenvolve seus primeiros modelos de competição: um BMW 2002 de 240 cv para rali e o histórico 3.0 CSL, que significa "Coupé Sport Light", ou seja, Coupé leve desportivo, com 1 092 kg de peso e um motor 6 cilindros de 360 cv. O BMW 3.0 CSL ganhou o campeonato europeu de turismo no seu ano de estreia. No total, foram seis campeonatos consecutivos, entre 1973 e 1979.

1974
A empresa realiza as primeiras preparações de automóveis de rua, o série 5 (530, 533i e 535i) são identificados com o famoso "M". A versão de competição desse ano do 3.0 CSL incorpora um dos primeiros protótipos do sistema anti bloqueio de rodas (ABS).

1976
A Motorsport coloca na pista a versão de turismo mais potente da BMW, uma versão com motor 3.2 biturbo do CSL com mais de 750 cv.

1978
É lançado no mercado o primeiro automóvel com a letra M. O BMW M1 é um carro completamente novo, desenhado por Giugiaro, com motor central e apenas 1,14 m de altura. A versão de rua tinha 227 cv e a de competição 470 cv.

1980
A Motorsport desenvolve um motor turbo para o Campeonato Mundial de F1 com 800 cv de potência. É lançada a primeira versão M de um modelo de rua, o BMW M535i, com 218 cv de potência.

1983
Nelson Piquet ganha o Campeonato Mundial de F1 ao volante de um Brabham com motor BMW Motorsport.

1984
BMW Motorsport lança duas novas versões de rua, ambas com o motor 6 cilindros desenvolvido para o M1. Por um lado o Coupé M635CSi, feito sobre o Série 6, e a primeira geração do M5, com 286 cv.

1986
A divisão concentra suas actividades desportivas nas competições de turismo. O resultado é o M3, concebido desde o início para as pistas, ainda que fabricado também para as ruas.

1987
O BMW M3 ganha o Campeonato Mundial de Turismo, o único realizado. Nos anos seguintes, o modelo vence os campeonatos europeus, alemão (DTM) e todo tipo de competição. O M3 se transformou no maior campeão de turismo de toda a história. A versão de rua do M3 também foi um êxito, com mais de 17 000 unidades vendidas.

1988
É lançada no mercado a segunda geração do M5, com mecânica 6 cilindros em linha e 315 cv de potência, que mais tarde foi aumentado para 340 cv. Como novidade, o M5 recebe uma versão perua.

1992
Chega a segunda versão do M3, com um estilo muito mais discreto. O modelo é oferecido nas versões Coupé, cabrio e uma edição especial, mais desportiva, denominada M3 GT, com 295 cv.

1993
A BMW Motorsport muda oficialmente o nome para BMW M.

1995
Novidades nas versões de rua do M3: mais potência, 321 cv e câmbio manual de 6 marchas.

1996
A BMW M lança o câmbio sequencial para o M3. O sistema permite trocar de marchas por meio de botões situados no volante. Um motor V12 fabricado pela BMW é montado em um automóvel McLaren que vence as 24 horas de Le Mans.

1997
Dois novos automóveis M de rua são lançados. Trata-se do M Roadster e o Coupé, baseados no Z3. Compartilham o motor de 321 cv do M3.

1998
Chega a terceira geração do M5. Seu exterior é elegante e discreto, mas em baixo do capot encontramos um novo motor de 8 cilindros e 400 cv. Um BMW 320d da equipe oficial Motorsport ganha as 24 horas de Nürburgring. É o primeiro automóvel diesel a ganhar uma corrida deste nível.

1999
A companhia volta a vencer as 24 de Le Mans, desta vez com um veículo completo, o BMW V12 LM.

2000
Acontece o lançamento da terceira geração do M3, com carroçarias de desenho mais desportivo, 343 cv de potência, câmbio sequencial de 6 velocidades e freios de composto de alto desempenho.

2002
A empresa ressuscita, 30 anos depois, a sigla CSL para uma versão especial do M3. O modelo incorpora uma carroçarias composta de materiais mais leves, o que diminui o peso final em 125 kg. Além disso, o motor foi repotenciado para 355 cv.


Home | Os meus clássicos | Agenda 2014 | Garagem | Logos | Encontros Clássicos | AVCB | Informações BMW | Matriculas | Filmes | WEB SHOP | Novidades do Site | Mapa do Site

Qualquer questão relacionada com o site contacte o nosso webmaster [Rui Rego].
Copyright © 2004 [BMW2002ti.eu]. All rights reserved.
Ultima Actualização: domingo, 01 Junho 2014 17:05:56 +0100.